Wednesday, February 28, 2007

Sim, eu comi todas as mulheres que me deram mole, comi mesmo e estou pouco me fudendo. Trepei com você pensando em outras também, mas isso fiz somente quando via que você transava somente para me agradar, se era pra me agradar você conseguia, afinal, fazia de você quem eu quisesse. Me masturbei várias vezes com meu pau na sua boca, e quando eu fechava os olhos também pensava em outra, mas isso não deve importar muito. Todos se surpreendem, até mesmo eu. Queria um símbolo apropriado para uma grande gargalhada, pois é isso que esse texto merecia. Melhor que você eu tive varias, umas chupavam melhor, outras com uma habilidade tremenda no cú, algumas faziam com a buceta o que você não conseguia com a boca. Não, eu não comi todas as mulheres que com certeza conseguiria se me esforçasse mais um pouco, mas pode ter certeza que essa falta de esforço não foi o amor que sempre proclamei ter por você. Essa proclamação era para te ter somente minha, hoje acredito que não funcionou, hoje isso já não me importa. Consegui chutar as portas e fugir, agora pode me substituir. Eu vou substituir alguém, e no final, no final todo mundo acaba trepando.

2 comments:

Tatis said...

Senti como se fosse um tapa em mim (mesmo sendo um texto fictício e não tendo nada a ver comigo). Eu super imagino uma pessoa que fez parte da minha vida, falando e pensando esse tipo de coisa com relação a mim.
E doeu ler :~~
Mas eu amo o jeito que tu escreve.

reles soturno said...

cara, ainda n tinha lido este, mais propício impossível rs