Tuesday, December 28, 2010

outdoor

Quando fico de pau duro
sinto-me deus,
Não deus como zeus no olimpo
Deus como jesus
Como o homem no garimpo,
ao achar a maior pepita
Como o médico que o cardíaco ressuscita
Sinto-me deus, sinto-me forte
Toda a grandeza de ser de um povo
Sinto-me ovo fecundado
Como um viado ao dar o rabo,
Sinto-me alado, sinto-me sábio
Sinto-me luz cuspida de meus lábios
Sinto a explosão dos teus,
quando me coloco deus
no meio de tuas pernas

Cazé Pecinni

No comments: